• (88) 3664-1210

Prefeito Roger Aguiar entrega títulos de propriedade de terra a 370 produtores rurais de Marco




Nesta quinta-feira, 27 de julho, foi dado início à entrega de 370 títulos de propriedade de terra a beneficiários do Programa de Cadastro e Regularização Fundiária do Ceará no Município do Marco. Durante a solenidade, foi realizada a entrega simbólica do documento a cerca de 50 produtores rurais que deixam de ser posseiros e se tornam donos legítimos das terras. “Essa condição possibilitará, dentre outras coisas, o acesso ao crédito rural, a inclusão em programas sociais como Bolsa Família e Programa de Aquisição de Alimentos e o direito de aposentadoria”, explica Roger Aguiar, Prefeito de Marco.

José Charles de Carvalho foi um dos primeiros beneficiados com o Programa de Cadastro e Regularização Fundiária no Município. Há cerca de dez anos ele cultiva feijão, milho e macaxeira numa propriedade na localidade de Gado Bravo, mas o futuro preocupava o agricultor. “O maior benefício do ‘papel da terra’ é ter direito a aposentadoria. Hoje eu tenho 42 anos e um dia vou ter que parar de trabalhar. Com o título de propriedade posso ficar mais tranquilo”, afirma Charles.

 

 

“A entrega dos títulos foi viabilizada por meio de um longo trabalho de medição e cadastro de todos os imóveis rurais do Município, o que também possibilitou o mapeamento das principais culturas e as necessidades de produtores de cada região. A partir de agora, esse levantamento guiará investimentos e projetos direcionados para a melhoria de vida do homem do campo”, explica Júnior Osterno, secretário de Desenvolvimento Econômico do Município.

Um desses projetos é Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), por meio do qual, pequenos produtores rurais negociam com a gestão municipal. “Eu planto caju e também crio galinha e capote, a partir de agora, posso vender esses produtos para as escolas, creches e até para o hospital”, comemora Maria de Fátima Osterno Neves.

 

 

Em termos econômicos, no município do Marco, a regularização fundiária fortalecerá, principalmente, o plantio de caju, mandioca, milho e feijão e a criação de pequenos animais. No entanto, o desenvolvimento dessas produções depende da criação de projetos de convivência com a estiagem. “Nós temos trabalhado para garantir a instalação de poços profundos completos, com chafariz, caixa d’água e dessalinizador. Apesar de ser um paliativo, resolveria o problema em muitas regiões afetadas pela seca”, concluí Roger.

O Programa de Cadastro e Regularização Fundiária é resultado da parceria entre Governo Federal, Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Agrário/Idace, e Prefeitura Municipal do Marco, por meio da Secretária de Desenvolvimento.

 

Copyright © 2017 | Prefeitura Municipal de Marco. All Rights Reserved
IBRATEC

Versão E-Web 2.0